segunda-feira, outubro 06, 2008

Partilhar

Complicadas, as tarefas que me dás. Como se não soubesses que o "essencial é invisível aos olhos".

Do que preferes que fale? Do quanto me senti "casada" contigo desde o primeiro momento? De que te escolhi porque te amo? Que sinto orgulho por seres o pai maravilhoso que és? Sim, é tudo verdade.

Mas, ainda assim, eu tenho pouco para dizer. Sou instável, sonhadora, gosto de florear a vida ao sabor das memórias e com um toque de escrita. A minha alma a ninguém pertence e desejo que assim seja sempre.

Mas partilho-a contigo. Não apenas os sorrisos, mas a sombra que me habita. É ao teu lado que acordo sem maquilhagem, confiando que o teu amor consegue ver para além do meu rosto inchado e ensonado. Tal como te vejo a ti.

Já me habituei a desviar-me do caminho quando estás irritado, não porque te evito mas porque sei que precisas de respirar. E a dizer-te quando quero chocolates... ou quando pura e simplesmente quero discutir.

Sei que gostas do silêncio da noite e que preferes que eu vá dormir mais cedo, de vez em quando, para teres um momento só para ti. E que resmungas acerca de mais 80% das coisas do que era, de facto, necessário.

Tal como sabes que não gosto de mudanças repentinas de planos e fazes um enorme esforço para não me enfureceres, mesmo que aches que é uma parvoíce.

E fazes as mais absurdas cenas de ciúmes pelos assuntos mais idiotas, mas depois és o mais fabuloso dos homens e me permites ser quem sou, porque acreditas que o meu amor também consegue ver também mais longe.

Partilhamo-nos, descobrimo-nos, conhecemo-nos, ultrapassamos barreiras, esperamos que as tempestades passem, queremos sempre mais e melhor. Temos muitos pequenos pormenores que são só nossos. Não é fácil e ninguém diz que é para sempre. Mas é nosso, só nosso, a nossa forma de estar, de ser família. E eu não queria de outra maneira.

Diz-me, agora, será esta a declaração de amor que querias?

13 comentários:

Marido disse...

Amo-te... 3!

Neptuna disse...

:)absolutamente lindo. aposto que não era aquela declaração de amor que ele queria... deve ter superado todas as expectativas. abençoado o vosso amor!

bisturi disse...

:)

Anónimo disse...

Humm!:)

Lita disse...

... eu acho que ele gostou... ;)

Patrícia disse...

Deve ser.. se não for anda lá bem perto.

Lita disse...

:)

Joana Homem da Costa disse...

linda! linda!

Lita disse...

:) Obrigada!!!!

Sayuri disse...

Ai esses maridos mimados.... :)
Acho que é das declarações de amor mais bonitas que li: nada de lamechices e cor-de-rosas!

Lita disse...

Maridos mimados... gostei, posso utilizar e dizer que foste tu que começaste??? ;)

Sayuri disse...

Podes! :)

Lita disse...

Obrigada!!!! ;)