sexta-feira, janeiro 30, 2009

Splendor in the grass

Em menina, eu tive uma verdadeira pancada por este filme...
Das memórias, ficou-me o poema, que é muito, mas muiiiito maior do que isto....

What though the radiance which was once so bright
Be now for ever taken from my sight,
Though nothing can bring back the hour
Of splendor in the grass, of glory in the flower
We will grieve not, rather find
Strength in what remains behind;
William Wordsworth
Bonito, não é?

12 comentários:

poeta_poente disse...

Lindo Lindo Lindo. Vai de encontro àquilo que quem sabe acredita, tudo vale a pena!

Beijo

korrosiva disse...

Muito bonito, sim! :)

beijinho
Um dia feliz

João disse...

"rather find strength in what remains behind"

Espectacular!

Beijinhos

Neptuna disse...

:) muito bonito..!

ps: olha, já é sexta!!!!!! e amanhã... :D

Fenix disse...

Muito, muito bonito e..., verdadeiro...
Beijinhos

Bom dia com alegria!
:-)))

Lita disse...

poeta, o poema inteiro ainda é mais lindo.! :)

korrosiva, um excelente dia para ti! :)

João, é muito, mas muito espectacular!!!! :)

Neptuna, é amanhã!!!!! he! He!

Lita disse...

Fenix, um maravilhoso dia!!!!

★ Aralis ★ disse...

Li Wordsworth na faculdade e fiquei viciada!
Adorei o reminder...

Jokas

Lita disse...

É muito lindo, não é? Beijos!!!!

Ianita disse...

Ai... apetecia-me corrigir ali o poeta, mas vou conter-me :)

Não conheço o filme (pelo menos acho que não), mas adorei estas palavras :)

Obrigada

Kayla disse...

Aiii!Vai lá buscar a manta,para ver-mos o filme outra vez...
Ah!e telefona á minha mãe...que desculpa vamos arranjar para ver o filme outra vez.?
LOOOL;)

Lita disse...

Ianita, é um daqueles clássicos... de fazer chorar as pedras da calçada... ;)

Kayla, olha que eu tenho o bicho em VHS... :)