quarta-feira, março 11, 2009

A primeira aventura do "meu banco"

O banco fora colocado ali há pouco tempo. Era novidade, podermos sentar ali, depois da praia, ou vir ver o por-do-sol ou, a cereja no cimo do bolo para miúdos de 13 ou 14 anos, irmos até ali de noite, para conversar. Faziamo-lo praticamente todos os dias, geralmente depois de virmos da gelataria onde, como pessoas grandes, jogávamos mini-snooker e bebíamos água das pedras. Eu, pelo menos, bebia. E continua a ser uma das minhas bebidas favoritas.

Numa noite, sentados os quatro naquele espacinho verde, a Kayla diz:
- Nestas noites sem luar, até é difícil ver o mar. Está tão longe.

O D. olha para ela com o habitual ar de gozo:
- Vê lá, não queres o banco lá em baixo, ao pé da maré?
Mas esta frase foi o suficiente para que ele e o A. trocassem aquele olhar e começassem a rir.

E perante os nossos risos e incredulidade, pegaram no banco e levaram-no até beira-mar. E sentámo-nos lá, rindo que nem doidos e usufruindo do mar e das estrelas, numa noite mágica, igual a tantas outras.

Claro está que se recusaram a trazê-lo de volta, quando voltámos para casa. E na manhã seguinte, não conseguimos evitar as gargalhadas ao ver um banco de madeira à beira-mar, junto às pessoas que chegavam cedo à praia e o fitavam, abismadas.

Dois dias depois, uns senhores (provavelmente da Câmara) voltaram a colocar o banco no lugar e encheram-no com uma camada de cimento tão grande que ele permanece no mesmo local até hoje. E não voltou a ir até ao mar, por mais vezes que tivéssemos tentado...

P.S. A bruxinha da foto é a minha princesa. Bruxinha, mas de cor-de-rosa, claro! ;)

22 comentários:

Ianita disse...

Que foto linda! :)

E depois... "por mais que tivéssemos tentado"? AI!

Acho que é mau quando nos prendem assim os movimentos...

Kiss

Lita disse...

LOOOOL
Os senhores são uns maus... ;)
Obrigada. A foto é engraçada. Ela é linda... :)

Ianita disse...

Tens razão... a foto é engraçada. Ela é que é linda :)

Miepeee disse...

Nao ha direito privarem o banco de ver o mar :(
A foto esta mt gira.

Eumesma disse...

Esse banco nunca mais deve ter sido o mesmo banco dps de o impedirem assim de ver tão belo elemento da natureza...;-)
Sim, bonita está a tua foto, o mar e a tua buxinha, nice...:-)

Bjs

Lita disse...

Ianita, :)

Miepeee, egoistas, todos eles... :)

Eumesma, tivemos de o recompensar e contar-lhe os nossos segredos mais loucos. Ele ficou feliz... acho. Obrigada! :)

Juky disse...

Uma história engraçada! Realmente, o banco estava melhor ao pé do mar! :)

Lita disse...

Estava, não estava? ;)

HihioOKaNani disse...

É por isto que eu odeio regras... Tranformam ideias lindas em coisas presas com cimento! Acho que estou a ficar anarca.

Lita disse...

ESTÁS a ficar?????? LOOOOOOOOOOL

Rice Man disse...

:) Tens muita sorte em ter tantas e tão boas memórias da tua juventude!

Sei que é um bocado arriscado dizer isto baseado apenas numa foto mas parece-me que a bruxinha sai à mãe no que toca ao encanto pelo mar. :)

Lita disse...

Rice Man, fui uma privilegiada!!! Mesmo! E sim, ela adora o mar, tanto quanto a mamã!!! :)

Sayuri disse...

Se na primeira aventura, o banco vai ao mar, imagino as seguintes... :)

Lita disse...

Sayuri,não imaginas!!!! Podes tentar muito, mas não imaginas... looool

Pedro Barata disse...

Eheheheheh Tiveram que usar cimento!!! ;)
Vocês eram (são?) uns tramados!!!
Beijinhos para ti e para a pequenota!

Lita disse...

Éramos, éramos... agora somos todos bem comportados.... ;)

carol disse...

Lita,

Tens sempre histórias fantásticas.
Que maravilha, um banco de madeira à beira-mar.
A tua pequenina herdou o teu amor pelo mar. ;)

****

Lita disse...

Carol, outras virão... acho! ;)
Sim, ela adora o mar! Beijos.

izzie disse...

Vês? Não preciso conhecer as histórias ou o banco em si... pq quase que consigo sentir... parece q espiei esses momentos...

[esta relação com o banco e o pareço saber dele está cada vez mais assustadora... eu sei... LOOOL]

Beijo

Lita disse...

É um banco muito senhor de si... espero sinceramente, que nunca aprenda a falar... ou a escrever! ;)

Devaneante disse...

O banco foi castigado!... e logo ele que até nem era culpado!...

Lita disse...

Tadinho... :)
Mas nós recompensámo-lo!!!