quarta-feira, março 18, 2009

Viciadas

Há cerca de dois anos atrás, eu, a minha amiga Ute (para quem vizita a Sayurizinha, é a mesma Ute) e outra colega fizemos uma colónia de férias com as crianças do ATL, num Campo Aventura, em Óbidos.

Três mulheres e 36 crianças desvairadas num autocarro. Sabendo nós as verdadeiras pestes que eles eram, preparámo-nos para um fim de semana infernal. No entanto, assim que chegámos, apareceram três monitores só para eles que nos disseram que cuidavam de tudo e que nós não éramos necessárias. O autocarro só regressava daí a 3 dias e estávamos literalmente no meio do nada. Nada para fazer. A Lita, pensando que não ia ter um segundo de descanso, como habitualmente, nem livro levou. Por isso, também não deixava as coleguinhas lerem, fazendo birra até jogarem ao stop, ou coisa que o valha.

Os monitores, quase por pena, deixavam-nos fazer o mesmo que os miúdos e como tal ainda fizemos slide, orientação nocturno e umas coisas engraçadas. Até que ela surgiu, em todo o seu esplendor. A mesa de matraquilhos!!!!

Eu adoro jogar matrecos. No tempo da faculdade, estava sempre colada à mesa, tinha uma bola que levava comigo para todo o lado, não fosse o caso... à noite, enquanto os viciados normais fecham os olhos e imaginam peças de tetris a encaixar, eu ouvia o "ploc" das bolas de matrecos a entrar na baliza. loooool

De qualquer modo, eu e a Ute agarrámo-nos aos matrecos, claro está. E jogámos, jogámos, jogámos... e continuámos a jogar... até que os miúdos, os nossos e outros mais velhos que lá andavam, pediram para jogar e fizeram equipa. E perderam. E outros entraram. E perderam. E foram buscar os "campeões". Que perderam.
E começou a correr um boato de que as "storas jogavam muito". E toda a gente queria vencer as "storas". E ninguém conseguia.

Por causa disso, os jovens começaram a chegar tarde às actividades. E às refeições. E nós também. E tudo acabou quando uma das monitoras guardou a bola, castigando os miúdos... e a nós.

Isto tudo para dizer que falava de matrecos com o meu Vizinho e começámos na brincadeira sobre quem jogava mais. E eu não resisto a um bate-boca divertido. E agora tenho um "campeonato" para sexta.... e não jogo há dois anos. Por isso, rezem por mim, porque eu quero ganhar. He he!!!!

PS: Depois conto...

19 comentários:

Pedro Barata disse...

Cheira-me que não tens hipóteses! Digo eu ;)
Beijocas

Lita disse...

LOOOOL
Não sejas mau... eu não tenho más memórias com matrecos! ;)

Fenix disse...

Boa sorte!
:-)))

Se fosse snooker desafiava-te...
Não é que eu jogue muito bem, mas adoro snooker!

Matrecos nem por isso...
Embora tenha sujado muitas vezes as mãos e a roupa com óleo dos matrecos, quando era miúda..., o que punha a minha mãe furibunda!
hehehe

izzie disse...

Hmmm.... eu tb tive os meus tempos de glória com essas mesas... mas depois tive uns acidentes... e agora a glória já não é assim tanta... ;)

Mas claro que tou aqui... ou melhor... sexta já tou aí... a trocer por ti! =)

Beijo

Kayla disse...

Conheço o teu potencial...
Sem dúvidas que vais ganhar!!!!

LOOOOL!

Lita disse...

Fenix, eu gosto de jogar snooker, mas aí não valho nada!!! Obrigada! :)

Izzie, boa! Thanks!

Kayla, vou, não vou?;)

Sayuri disse...

Ólha só que duas, tu e a Ut!!
Com a preparação intensiva de 5 anos que levas na bagagem, mais esse ATL, acho que o teu Vizinho vai levar uma coça daquelas!! :)
Eu é mais snooker!

Maria Anjos Varanda disse...

Como eu gostava de jogar matraquilhos.....em tempos que já lá vão.....adorava mesmo.....mas ao contrário de ti ganhava muito poucas vezes...mas mesmo assim gostava imenso de jogar...
Velhos tempos!!!

Boa sorte para o campeonato.....vais ver que o jeito para a coisa....vai aparecer naturalmente......

Beijos

Cat disse...

Já nao jogava para ai ha 5 anos e o ano passado joguei...
diverti-me tanto...
como e que bonecos presos em ferros nos podem divertir tanto...:-)

Ianita disse...

Eu sou mais a gaja que fecha os olhos e vê peças do Majhong a encaixarem :)

Levei uns miúdos do ATL para um acampamento e foi brutal. Portaram-se lindamente, mesmo aqueles que dentro do ATL eram daqueles monstros que partem cadeiras todos os dias... foi lindo! :)

Beijos e Bona Fortuna!

Rice Man disse...

Precisas de claque?...

Dêem-me um L! "L!"

Dêem-me um I! "I!"

Dêem-me um T! "T!"

Dêem-me um A! "A!"

Vaaaaaaii LITA!!! :)

Lita disse...

Sayuri, são muitos anos,mas pouco treino... ;)Mas obrigada pela confiança! ;)

Maria Anjos Varanda, estou a apostar tudo nisso! :D

Cat, é verdade!!! Eu agora tinha aqui umas respostas divertidas, mas não queremos aborrecer os meninos que por aqui passam... ;)

Ianita, também já me aconteceu! Beijos

Rice Man, Boa! Na sexta vou lembrar-me disso... quando o arrasar... ;)

Devaneante disse...

Dois anos?!... vais levar uma daquelas tareias... ;-))))

Mas estas coisas não se esquecem assim facilmente... é como andar de bicicleta... (ainda há esperança!)

Christiana disse...

Boa Sorte! =)
embora me pareça que n precisas mto dela...isto quem sabe, sabe!
beijinho* ;)

im disse...

Vou ficar a torcer por ti...

Já eu não sei jogar matrecos...quando jogo faço uma especie de figuração ;)


beijos

Patrícia disse...

e vais ganhar... se bem me lembro é como aquilo do andar de bicicleta, não se esquece, mas perde-se a prática.

;)
Boa Sorte!

Lita disse...

Devaneante... não digas isso!!!! looool
Claque, remember??? ;)

Christiana, boa! Tu sabes dar motivação!!! He he!

im, obrigada!!! :)

Patricia, estou esperançosa!

HihioOKaNani, aka, Ut disse...

Campeonas, Campeonas, nós somos Cam-pe-o-nas!!!!

Lita disse...

SIMMMMMMMM! :)