sexta-feira, dezembro 12, 2008

Uma dica

Sou complicada, eu sei. Talvez não fale a tua linguagem, não entenda os teus passos, nem os teus gestos. Talvez peça demasiado, não consiga sentir os tempos das coisas, não lide bem com o amor passivo.

Sei que me amas. Não é uma questão. Talvez devesse ser suficiente, e eu queira sempre demasiado. Para mim, o amor é uma força activa, onde dar é receber, onde se cresce no movimento. Intenso demais, eu sei.

Dou-te uma dica. Quando eu falar demasiado, quando esbracejar, quando começares a sentir que não entendes nada do que eu digo, não deixes avançar. Abraça-me. Pura e simplesmente abraça-me. Vais ver que melhora!

5 comentários:

Sayuri disse...

Afinal, se calhar, deveríamos vir com livro de instruções... :)

Lita disse...

Se calhar... tenho algum receio é de que tivesse de se elaborar um livro de instruções para cada uma de nós...

redjan disse...

E ele?... Abraçou-te ?

Mi disse...

Oh, isso aplica-se tanto a mim, também!

Lita disse...

redjan, ... sim!

Mi, acho que se aplica a muita gente! ;)